domingo, 21 de julho de 2013

devolva a minha vida

e morra afogada em seu próprio mar de fel
aqui ninguém vai pro céu

encontro duas nuvens em cada escombro, em cada esquina
me dê um gole de vida

(criolo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário